Nada definido: Flamengo fica no empate com o Athletico no primeiro duelo das quartas da Copa do Brasil

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Athletico Parananense e Flamengo ficaram no empate em 1 a 1 na noite desta quarta-feira (10), na Arena da Baixada, pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro iniciou mal o jogo, deixando muito espaço no meio para que a equipe de casa pudesse criar as jogadas, mas conseguiu se ajustar na etapa complementar. Léo Pereira abriu o placar em Curitiba, mas Gabigol deixou tudo igual e deu números finais ao duelo.

Os últimos 90 minutos das quartas de final do competição acontece no dia 17 (quarta-feira), no Maracanã. Antes disso, o clube da Gávea encara o Goiás, no próximo domingo (14), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terá início às 11h (horário de Brasília).

O JOGO

A partida começou com muita intensidade entre as duas equipes. Mandante do jogo de ida, o Athletico Paranaense dominou as ações nos primeiros 15 minutos. O primeiro susto aconteceu aos 19, após Márcio Azevedo ser lançado nas costas de Rodinei. O lateral athleticano chegou à linha de fundo e cruzou para Marco Ruben, que cabeceou para o fundo da rede. O bandeira, porém, assinalou impedimento no lance.

Melhor no duelo, o Athletico complicava o sistema de jogo do Fla, que até então não funcionava na Arena da Baixada. A equipe curitibana teve mais uma chance após cruzamento de Jhonatan aos 34 minutos. Ruben novamente cabeceou e balançou a rede, mas a arbitragem assinalou novo impedimento.

O Rubro-Negro respondeu aos 42, com Willian Arão. O volante pegou a sobra na entrada da área e arrematou, para a defesa do goleiro Santos.

A equipe de Curitiba ainda perdeu grande chance de abrir o placar já nos acréscimos. Em escanteio, a bola foi desviada e sobrou para Lucas Halter na segunda trave. O zagueiro, no entanto, chutou por cima do travessão.

No retorno para a etapa complementar, Jorge Jesus optou por não promover mudanças na equipe. Com o mesmo time que iniciou o jogo, o Flamengo teve grande oportunidade aos dois minutos. Na entrada da área, Arrascaeta deixou Gabriel na cara do gol, que não aproveitou e chutou em cima do goleiro Santos.

O Athletico respondeu na mesma intensidade aos quatro minutos e, desta vez, não desperdiçou a chance. Em cobrança de escanteio, Arão desviou na primeira trave, e Léo Pereira, completamente livre, desviou para o fundo da rede, tirando qualquer possibilidade de defesa para Diego Alves.

Tentando ser mais efetivo após as entradas de Diego e Everton Ribeiro, o Rubro-Negro conseguiu deixar tudo igual aos 19. Renê cobrou lateral próximo da área para Gabigol, que fez o giro em cima de Léo Pereira, ficando cara a cara com o Santos. O camisa 9 da Gávea deu apenas um toquinho por cima, igualando o marcador na Arena da Baixada.

O Athletico-PR ainda teve mais um gol anulado aos 38 minutos. Bruno Guimarães lançou Rony na linha de fundo, que bateu cruzado de primeira para a área. Marcelo Cirino apareceu na segunda trave e marcou o segundo gol, mas a arbitragem novamente entrou em ação e assinalou impedimento no início da jogada.