Marcelo Salles cita recuo de Arão como principal mudança no Flamengo após assumir comando interino

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Marcelo Salles encerrou a sua participação como treinador interino do Flamengo de maneira satisfatória. À frente da equipe por quatro jogos, foram três vitórias e um empate, tendo um aproveitamento de 83,3% e, de quebra, sem deixar a defesa ser vazada. Salles citou o posicionamento mais recuado do volante Willian Arão para explicar o êxito de não levar gols durante a sua curta passagem no comando técnico.

– A principal mudança que a gente fez foi em relação ao recuo do Arão, para que ele preservasse um pouco mais a parte defensiva e, quando tivesse uma oportunidade, chegasse em uma situação de ataque. Basicamente, a mudança defensiva foi essa. A gente programou outras situações, mas isso são coisas de ordem de jogo. Teve uma situação contra o Fortaleza e fomos mudando a cada jogo. Mas, taticamente, a mudança foi mais no recuo do Arão. A gente sempre tenta preservar a defesa para que os zagueiros não fiquem expostos -, disse Salles em entrevista concedida ao programa “Os Donos da Bola“, da Rede Bandeirantes.

O ex-treinador interino do Fla também destacou o sentimento de poder ter comandado o Rubro-Negro durante quatro partidas – contra Fortaleza, Corinthians, Fluminense e CSA – e citou algumas das funções em que desempenhou no clube da Gávea e títulos conquistados.

– Foi uma emoção muito grande, ainda mais para mim, que comecei lá atrás. Fui estagiário no Flamengo, passei pelas categorias de base, observador técnico, analista, auxiliar permanente. Foram várias situações dentro do clube, sete títulos de Campeonato Carioca, um Brasileiro, uma Copa do Brasil. Chegar hoje e poder assumir esse clube, mesmo sabendo que seriam apenas quatro jogos, é uma satisfação muito grande -, declarou.

Marcelo Salles passou o bastão para Jorge Jesus, que desembarca no Rio de Janeiro na próxima quarta-feira (19) para assumir de vez o Flamengo. Sob o comando do técnico português, o Rubro-Negro realiza embate decisivo contra o Athletico-PR, no dia 10 de julho (quarta-feira), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O duelo será disputado na Arena da Baixada, em Curitiba.

Adaptado: Coluna do Fla