Flamengo não solicitou liberação de convocados da Copa América para decisão contra o Corinthians

O que já era expectativa interna da diretoria do Flamengo acabou se confirmando. Os dirigentes do clube optaram por não pedir a liberação de atletas convocados e, assim, o time tem desfalques para o jogo contra o Corinthians, na próxima terça-feira (4), pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Arrascaeta, Cuéllar e Trauco foram chamados pelas seleções de Uruguai, Colômbia e Peru, respectivamente, para a disputa da Copa América. A competição começa no dia 14 de junho e o calendário da competição prevê que os atletas se apresentem aos selecionados nacionais no dia 3 do mesmo mês. Como as datas são oficiais, os atletas só podem ser liberados em acordo com as federações de cada país.

A justificativa dos dirigentes é a preservação do pedido para um momento mais oportuno. O respeito às vontades dos atletas também teria pesado.

O Corinthians, enquanto isso, não seguiu a mesma cartilha. Cássio e Fágner, titulares importantes do clube paulista, foram convocados pela Seleção Brasileira. A diretoria alvinegra já tem acordo com a CBF pela liberação dos dois, que se apresentam à Canarinho no dia seguinte ao jogo contra o Flamengo.

O Mengão e o Corinthians se enfrentam pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O Mais Querido leva vantagem por 1 a 0 conquistada em São Paulo. A partida acontece no Maracanã na próxima terça-feira (4), às 21h30.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
Fonte: Coluna do Flamengo