Após a contratação de Jorge Jesus, jornalista avalia que treinador deve assumir o comando do Flamengo imediatamente

O Flamengo bateu o martelo e decidiu quem será o próximo técnico, após a saída de Abel Braga. O presidente Rodolfo Landim se reuniu com Jorge Jesus, em Madrid, neste sábado (01), e firmou um contrato por um ano com o português para comandar o elenco Rubro-Negro. Mas o novo treinador do clube carioca não assumirá o time imediatamente. Jorge Jesus só virá para o Rio de Janeiro em meado de junho, depois da folga do time, devido a parada para a Copa América.

Marcelo Salles, técnico interino do Flamengo ficará responsável pelo comando do time até a última partida antes da pausa para o torneio, contra o CSA, no dia 12 deste mês, no Mané Garrincha. No comando de Salles, o time venceu o Fortaleza por 2 a 0, com dois gols de Gabriel Barbosa, neste sábado (01), no Engenhão. O fato de Jorge Jesus não assumir o Flamengo neste momento incomodou o jornalista Fábio Azevedo. Durante o programa Debate Final, da Fox Sports, o jornalista disse que Jesus deveria vir ao Brasil para se acostumar com seu futuro ambiente.

— Bem engraçado que o Jesus ia vir para conversar com o Vasco, desistiu. Aí veio ver o Atlético Mineiro, ele veio ao Brasil com tranquilidade, fez a ponte aérea Lisboa para Belo Horizonte com uma tranquilidade. Agora tem que ser 18 dias? Ele não assumiria contra o Corinthians, mas segunda-feira desembarca aqui, vai ao Maracanã, sente o clima, assiste lá, bate um papo na concentração, e quarta-feira começa a trabalhar. Ele não falou que estava pronto para começar? Tem que começar a trabalhar.

Com Marcelo Salles no comando, o Flamengo terá um grande desafio nesta terça-feira (04). O Rubro-Negro enfrenta o Corinthians, no Maracanã, às 21h, horário de Brasília, para decidir quem avança para as quartas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, na Arena Corinthians, o Rubro-Negro abriu vantagem com a vitória por 1 a 0.

Fonte: Coluna do Flamengo