Mais uma opção? Ariel Holan deixa o comando técnico do Independiente e fica livre no mercado

O Flamengo oficializou a saída de Abel Braga na última quarta-feira (29) e agora se mantém focado na busca por um novo treinador, o que deve ocorrer apenas na pausa para a Copa América, como destacou o presidente Rodolfo Landim. Um dos nomes que podem surgir à mesa da diretoria rubro-negra é do técnico Ariel Holan, que foi demitido do comando do Independiente, da Argentina.

De acordo com informações do diário esportivo “Olé“, o comandante argentino estaria em uma relação estremecida com o elenco do Independiente, fazendo com que alguns dos jogadores cogitassem uma possível transferência caso o treinador permanecesse no comando da equipe. Era o caso dos atletas Martín Campaña e Sánchez Miño, que completaram três temporadas vestindo a camisa do clube de Avellaneda.

O estilo de jogo empregado pelo treinador difere bastante ao do ex-comandante rubro-negro, Abel Braga. Holan preza pela posse de bola, com rápidas trocas de passes entre os jogadores e transição defesa-ataque com muita velocidade. O técnico argentino costuma armar as suas equipes no 4-4-2, tendo dois volantes de contenção e um meia articulador mais destacado.

Ariel Holan iniciou a sua carreira como técnico de Hóquei. No futebol, a primeira equipe que treinou foi o Defensa y Justicia, entre 2015 e 2016, mas foi no Independiente que obteve notoriedade, ao conquistar o título da Copa Sul-Americana em 2017, diante o Flamengo, comandado à época por Reinaldo Rueda. O treinador, de 58 anos, também contabiliza o título da Taça Suruga Bank, conquistado um ano depois com o clube argentino.

Fonte: Coluna do Flamengo