Em sua segunda passagem pelo Flamengo, Marcelo Salles assumirá o comando do clube por quatro jogos

O nome de Abel Braga é página virada no Flamengo. Após se despedir de jogadores e comissão técnica, o ex-técnico rubro-negro não suportou a pressão e comunicou sua saída nesta quarta-feira (29). Com a mudança, Marcelo Salles assume o cargo interinamente.

Aos 41 anos, esta será sua segunda passagem pelo Flamengo. Marcelo Salles foi auxiliar de Andrade há 10 anos, em 2009, na conquista do hexacampeonato brasileiro – os dois ainda trabalharam juntos no Brasiliense. O ex-defensor coleciona passagens pelo Rio Branco, Bonsucesso, Nova Iguaçu, Audax-RJ, Volta Redonda e Portuguesa. Atuou, também, auxiliando Joel Santa no comando do Vasco da Gama. Hoje, auxiliar da comissão permanente do Rubro-Negro, o jovem treinador comandará a equipe em quatro oportunidades: diante do Fortaleza, no próximo sábado (01); contra o Corinthians, pela Copa do Brasil; diante do Fluminense; e se despede contra o CSA, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

Andrade, ídolo do Flamengo e velho conhecido de Marcelo Salles, falou sobre as características do amigo.

– Ele (Marcelo Salles) acompanha o dia a dia do trabalho do Abel, conhece bem melhor os jogadores. Trabalhamos juntos, depois ele foi para algumas equipes menores, o que o amadureceu. Ele é um cara que sabe muito dessa parte tática, é a parte forte dele. Tem um bom relacionamento com os jogadores –, destacou para o portal Goal.

Marcelo Salles é conhecido como “O Fera” por amigos e companheiros de trabalho. Neste ano, o técnico esteve à frente do Nova Iguaçu, pelo Campeonato Carioca. Seu aproveitamento, no entanto, foi ruim: em oito jogos, somou cinco derrotas, um empate e apenas duas vitórias.

Fonte: Coluna do Flamengo

Foto: Bernardo Gleizer/NIFC