Conheça Jorge Jesus, possível treinador do Flamengo após saída de Abel

Abel Braga já é página virada no Flamengo. Para o presente e futuro, um novo nome ganha força interna no clube: Jorge Jesus. Após deixar o Al-Hilal, última equipe que comandou, o ex-futebolista atualmente está sem contrato e também já foi especulado no Atlético-MG e Vasco da Gama. O treinador está livre no mercado desde 30 de janeiro de 2019.

Jorge Jesus iniciou sua carreira como treinador no Amora Futebol Clube, em 1990, onde conquistou o título da segunda divisão do campeonato nacional português. Entre 1993 e 2005, o comandante passou por outros clubes como o Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória SC, Moreirense e U. Leiria. Orientou o Belenenses por três anos – levando o clube à final da Taça de Portugal.

Foi no Braga que começou a gravar seu nome no futebol português. Apesar da curta passagem, o treinador venceu a Taça Intertoto – único título internacional do clube minhoto. O SC Braga foi, inclusive, o último vencedor do torneio. Na sequência, a UEFA extinguiu a competição, no âmbito da reformulação dos campeonatos europeus.

Benfica – 2009 a 2015
Conquistou dez títulos – recorde do clube.
Logo em seu primeiro ano, derrotou o Rio Ave e entregou ao Benfica o seu 32º título do Campeonato Nacional. Os números chamaram a atenção: foram apenas duas derrotas na Liga e 78 gols marcados. Na mesma temporada, chegou às quartas de final da Liga Europa, sendo derrotado pelo Liverpool.

Em dezembro de 2011, tornou-se o treinador benfiquista com mais vitórias nas competições da UEFA, somando vinte consecutivas. No ano seguinte, outro recorde: consagrou-se o técnico com mais vitórias no Derby da Capital – sete jogos em nove.


Prêmios:
Três vezes considerado o melhor treinador – 2009/10; 2013/14; 2014/15 e IFFHS – 8º melhor treinador do mundo em 2013.

Levou o Benfica ao 8º lugar do ranking dos melhores clubes do mundo em 2011/12, tornando-se a melhor equipe portuguesa da época. Seguiu batendo recordes e cravando seu nome na história do clube. Em maio de 2013, Jesus chegou à nona final europeia, batendo o recorde nacional. A temporada 2013/14 terminou com a única tríplice coroa do clube – Primeira Liga, Taça de Portugal e Taça da Liga. Encerrou sua passagem após ultrapassar a marca do tricentésimo jogo pelo Benfica e conquistar a maior porcentagem de vitórias.

Após a saída do Benfica, Jorge Jesus passou pelo Sporting. Pelo clube leonino, conquistou a Super Taça 2015 e a Taça da Liga.


Títulos:

Amora

  • Portugal Segunda Divisão B (1): 1991–92

Sp. Braga

  • União Europeia Taça Intertoto (1): 2008

Benfica

  • Portugal Campeonato Português (3): 2009–10, 2013–14, 2014-15
  • Portugal Taça de Portugal (1): 2013–14
  • Portugal Taça da Liga (5): 2009–10, 2010–11, 2011–12, 2013–14, 2014–15
  • Portugal Supertaça Cândido de Oliveira (1): 2014

Sporting

  • Portugal Supertaça Cândido de Oliveira 2015
  • Portugal Taça da Liga: 2017–18

Al-Hilal

  • Arábia Saudita Supertaça Árabia Saudita 2018

Fonte: Coluna do Flamengo