Após a saída de Abel, Rodolfo Landim diz que a diretoria do Flamengo sempre foi a favor do trabalho do treinador

O Flamengo oficializou a saída de Abel Braga na tarde desta quarta-feira (29). O ex-técnico se reuniu com a cúpula Rubro-Negra para comunicar a decisão. Devido a pressão da torcida sobre o treinador, principalmente na última partida contra o Athletico Paranaense, e por divergências com os dirigentes por decisões relacionadas a escalação do time para o próximo jogo, que não agradaram a diretoria, Abel preferiu deixar o cargo.

Em uma coletiva de imprensa realizada no Ninho do Urubu, nesta quarta-feira (29), o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim disse que desde o início a diretoria apoiava o trabalho de Abel Braga. Entretanto, com a cobrança da torcida nos últimos jogos, o treinador não aguentou o desgaste.

— Não sei te dizer o que passa pela cabeça do Abel. O que posso dizer é que da parte da diretoria do flamengo, a gente tem dado forca pra esse grupo. Em momentos importantes nessa caminhada, ao longo desses 5 meses, a gente se pronunciou a favor do trabalho que tem sido feito. Fiz questão de pessoalmente estar presente em alguns momentos onde senti que era necessário. Mas recentemente houve um crescente descontentamento da torcida por tudo que aconteceu. Entendo que o nível de tolerância que as pessoas têm para aceitar desgastes difere de pessoa para pessoa. A minha percepção é essa. Acho que ele chegou e conversou com a família, sentiu um nível de desgaste alto e pediu pra sair.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Fonte: Coluna do Flamengo